Ba-099 registrou redução de acidentes durante fim de ano

Cerca de 430 mil veículos passaram pela BA-099, que compreende a Estrada do Coco e a Linha Verde, entre os feriados de fim de ano, de acordo com a Concessionária Litoral Norte (CLN), empresa do grupo Invepar que administra a rodovia. O dado é referente ao período de 20 de dezembro até 02 de janeiro.
Em relação ao mesmo período do ano passado, houve uma redução de 100% no número de óbitos, assim como de 46% de acidentes com vítimas na rodovia e um acréscimo de 25% nos acidentes sem vítimas, resultando numa redução total de 15% nestas ocorrências.  
Para atender os motoristas e garantir a proteção dos usuários da via, a concessionária montou uma operação especial com reforço de colaboradores extras e papa-filas. “Nossas equipes trabalharam para entregar excelência e qualidade no atendimento dos nossos clientes, garantindo a fluidez do tráfego e a segurança na via”, afirma o Gerente de Operações da CLN, Daniel Ovalhe.
Os veículos de suporte da concessionária, como viaturas de inspeção, guinchos e ambulâncias, também estiveram de prontidão. Entre os atendimentos realizados no feriado, houve 104 chamados para veículos com pane mecânica e 25 por conta de pneus furados. Os usuários da via puderam também acompanhar o tráfego na BA-099 em tempo real através do twitter (@litoralnorte).
A operação de Fim de Ano contou ainda com atuação da Polícia Rodoviária Estadual (PRE). De acordo com o Capitão Lopes, em todas as abordagens, foi ofertado aos condutores o teste de etilômetro (o popular bafômetro) com o objetivo de coibir a direção combinada ao consumo de bebida alcoólica e garantir a segurança da via.


Sobre a CLN 


A Concessionária Litoral Norte (CLN), uma empresa Invepar Rodovias, administra a rodovia BA-099, que compreende a Estrada do Coco (a partir do km 7,7) e a Linha Verde, conectando Lauro de Freitas até a divisa dos Estados da Bahia e Sergipe, com extensão total de 217 km, entre 183 km de rodovias e 35 km de vias de acesso. A concessionária presta serviço para o Governo do Estado da Bahia e é fiscalizada e regulamentada pela AGERBA (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia). Atualmente a empresa gera cerca de 400 empregos diretos e indiretos e já repassou mais de 26 milhões de reais em impostos para os municípios da região.

Última modificação
quinta-feira, Janeiro 9, 2020 - 16:13
Author
noticias